Postado por Agência PT, em 25 de fevereiro de 2016 às 14:44:49

A política sempre foi um espaço dos homens. O Partido dos Trabalhadores, contudo, fez da política um lugar das mulheres.

Veja cinco motivos que comprovam que no PT as mulheres são protagonistas:

1) COTA PARA MULHERES NOS CARGOS DE DIREÇÃO
O Partido dos Trabalhadores foi a primeira legenda a garantir equidade entre homens e mulheres nos cargos de direção. O PT foi construído por mulheres e homens, e na sua fundação ainda não existiam cotas para a participação feminina. Porém, no final dos anos 80, como o ambiente político é predominantemente masculino na sociedade brasileira, houve uma diminuição da presença das mulheres na direção do partido. Por isso, em 1991, quando o PT fez o seu primeiro Congresso, as petistas abriram o debate sobre as cotas. Como resultado, foi aprovado naquele mesmo congresso a reserva de 30% dos cargos de direção para as mulheres.

Isso significa que desde 1991 o PT tem cotas para as mulheres e foi o primeiro partido a instituir essa política interna. Hoje, 50% de todos os cargos de direção no partido são ocupados por mulheres. “Na verdade, quem trouxe essa discussão de cotas para o Brasil foram as mulheres do PT”, explica a secretária Nacional de Mulheres do PT, Laisy Moriére.

secretária Nacional de Mulheres do PT, Laisy Moriére Foto Lula Marques Agência PT

2) SECRETARIA DA MULHER NOS GOVERNOS MUNICIPAIS
Ainda na década de 80, as mulheres petistas encararam outro divisor de águas e propuseram a criação de secretarias ou coordenadorias de mulheres nos governos municipais e estaduais. E isso ocorreu em 1988, nas primeiras prefeituras governadas pelo PT. “Isso era super inovação, porque até então o que tinha no Brasil eram conselhos. Só que o conselho não é uma estrutura oficial do governo. Então as mulheres do PT começam a discutir que era importante ter uma estrutura, uma secretaria ou coordenadoria, que tivesse orçamento, e que pudesse fazer políticas públicas para as mulheres”, conta Moriére.

Ministra-da-Mulher-Nilma-Lino-Gomes-e-Eleonora-Menicucci-Foto Elza-Fiúza-Agência-Brasil

3) MAIOR BANCADA DE MULHERES NA CÂMARA E NO SENADO
O Partido dos Trabalhadores tem a maior bancada de deputadas federais. Ao todo, o PT tem, atualmente, oito deputadas federais. Além disso, o partido também tem a maior bancada de mulheres no Senado Federal, com quatro representantes: Fátima Bezerra (RN), Ângela Portela (RR), Gleisi Hoffmann (PR) e Regina Sousa (PI). “Pela nossa luta, pelas nossas propostas ousadas, nós mulheres do PT temos um protagonismo diferenciado em relação aos outros partidos. Ainda não é o ideal. Nós queremos mais porque nós sabemos que temos potencial e estamos na frente de todos os partidos do Brasil”, analisa a secretária de Mulheres do PT.

erika e fatima

4) A PRIMEIRA MULHER PRESIDENTA DA REPÚBLICA É DO PT
E não por acaso. Com todo o protagonismo das mulheres petistas, o PT foi o único partido com condições reais de concretizar esse feito histórico e eleger democraticamente a nossa presidenta Dilma Rousseff como a primeira mulher a ocupar o cargo mais importante da política nacional.

DILMA POSSE SEGURANÇA

5) MAIOR NÚMERO DE MINISTRAS NO GOVERNO FEDERAL
Mais um protagonismo das mulheres do PT aconteceu no primeiro governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Após subir a rampa do Palácio do Planalto e receber a faixa de presidente, em 1º de janeiro de 2003, Lula deu posse aos seus ministros, e entre eles estavam cinco mulheres, todas do PT. “Nunca antes na história desse País tivemos tantas ministras mulheres, e todas eram do PT”, relembra a secretária Nacional de Mulheres do PT.

benedita-10-02-14

Por Luana Spinillo, da Agência PT de Notícias