Postado por Agência PT, em 9 de fevereiro de 2016 às 09:35:03

O sonho de ser médico acompanha o estudante Marcondes Guedes, de 19 anos, ex-morador do Assentamento 10 de Abril, do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) no Crato (CE). Ele nasceu e morou no local até os 15 anos de idade. “Sempre quis fazer medicina. Desde criança esse é meu sonho, acho que por influência da minha mãe, que era agente comunitária de saúde”, conta o morador do município do sertão do Ceará.

No dia 18 de janeiro, Marcondes deu um importante passo para transformar o sonho em realidade.  Ele conquistou uma vaga no curso de Medicina na Universidade Federal do Cariri (UFCA), no Ceará. “Nesse momento, tenho a certeza que a minha vida mudou completamente. Ainda não consigo definir em palavras a emoção de ter passado no curso que quis desde criança e ainda por cima em uma universidade pública”, explica o jovem.

Criada pela presidenta Dilma Rousseff em 2013 com o objetivo de promover a inclusão social, o desenvolvimento da região e a interiorização do ensino superior, a UFCA surgiu do desmembramento da Universidade Federal do Ceará e tem, atualmente, cinco campi nas cidades de Juazeiro do Norte, Barbalha, Crato, Brejo Santo e Icó.

regional

“Escolhi a Universidade do Cariri por ser mais próxima de onde moro, mas também porque sempre passava por lá e via os prédios e dizia a mim mesmo que estudaria lá um dia. Acho que se não tivessem criado essa universidade aqui, seria muito complicado pra mim, dificultaria muito os meus estudos”, avalia Marcondes.

O futuro médico sempre estudou em escola pública e concluiu o ensino médio na unidade do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) que fica na cidade do Crato. O deputado estadual e presidente do Partido dos Trabalhadores de Fortaleza (CE), Elmano Freitas, lembra a importância da criação do Instituto Federal do Crato pelo governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Em seu percurso, Marcondes teve a oportunidade de estudar no Instituto Federal na sua cidade, que passou a existir graças a uma política do governo federal na época do ex-presidente Lula. A Universidade Federal do Cariri também não existia”, afirma o petista, que foi advogado do Assentamento 10 de Abril.

Para Freitas, a interiorização dos ensinos técnico e superior públicos, como acontece hoje no Crato, foi fundamental para o desenvolvimento local e é uma grande oportunidade para todos os jovens da região. “E isso foi feito pelos governos Lula e Dilma, que garantiram os Institutos Federais, o Enem, as Universidades Federais no interior”, completa Elmano.


Elmano Freitas deputado estadual PT CE (2)

“Mudança de possibilidade” - A conquista de Marcondes, na avaliação de Elmano Freitas, é resultado do esforço pessoal do estudante, mas também com as oportunidades criadas pelos governos do PT. Para o petista, o exemplo do adolescente serve de exemplo e inspiração para outros.

“É uma mudança da possibilidade de vida desses jovens e de suas famílias, porque acaba influenciando na renda familiar, na autoestima da família, serve de exemplo para a sua comunidade, para outros jovens da sua cidade, e mais especificamente essa possibilidade de fazer faculdade abre uma possibilidade e demonstra o acerto na política do PT de garantir oportunidade para todos”, ressalta.

O deputado, que como Marcondes também é filho de agricultor e teve uma infância simples no interior do Ceará, rememora os seus tempos de estudante. “Eu sou de uma geração que quando nós queríamos fazer faculdade tínhamos que ir para Fortaleza, e aí as famílias não tinham como manter seus filhos na capital, por isso que os jovens acabavam no máximo concluindo o ensino médio”, destaca.

“Marcondes é a cara dessa nova geração fruto desse trabalho dos governos Lula e Dilma. O exemplo que isso passa é: Lula pode ser presidente, Marcondes pode ser médico, portanto eu posso ser o que eu quiser ser”, finaliza Elmano.

Por Luana Spinillo, da Agência PT de Notícias