Luiz Sérgio

dep.luizsergio@camara.leg.br
(62) 3215-5409

Luiz Sérgio Nóbrega de Oliveira nasceu em Angra dos Reis em 1958. Iniciou sua militância social em 1979, atuando nas Comunidades de Base da Igreja Católica.

Nos anos 80, juntamente com Lula e tantos outros companheiros, assinou a Carta de São Bernardo, um dos documentos fundamentais da criação do Partido dos Trabalhadores.

Metalúrgico, egresso da escola de formação profissional do estaleiro Verolme, ajudou a organizar a oposição sindical, e venceu as eleições para o Sindicato dos Metalúrgicos de Angra dos Reis em 1984. Três anos depois, seria eleito presidente da entidade com 82% dos votos. Tinha início assim sua carreira política.

Em 1988, Luiz Sérgio foi eleito vice-prefeito de Angra dos Reis na chapa que tinha Neirobis Nagae como prefeito. A vitória foi histórica, pois era a primeira vez que o Partido dos Trabalhadores ganhava a chance de administrar uma cidade no estado do Rio.

Na eleição seguinte, em 1992, Luiz Sérgio foi eleito prefeito de Angra dos Reis na terceira geração de prefeitos petistas do Brasil. Em 1996, fez seu sucessor na Prefeitura da cidade.

No ano de 1998, foi eleito deputado federal pela primeira vez tendo conquistado mandatos sucessivos nos anos de 2002, 2006, 2010 e 2014.

Em 2007 foi escolhido líder da bancada do Partido dos Trabalhadores na Câmara dos Deputados. Também foi apontado diversas vezes pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) como um dos parlamentares mais influentes e atuantes na Câmara dos Deputados.

Em janeiro de 2011 foi convidado pela presidenta Dilma Rousseff para assumir o cargo de ministro-chefe da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República (SRI-PR). Na SRI-PR, Luiz Sérgio coordenou a política do Governo, conduziu o relacionamento com os Partidos e o Congresso Nacional e atuou na interlocução com os Estados, Distrito Federal e os Municípios.

Teve papel importante na condução das votações que resultaram na aprovação da Lei do Reajuste do Salário Mínimo, que estabeleceu critérios claros e de longo prazo para o reajuste do salário com ganho real para os trabalhadores

Entre junho de 2011 e março de 2012, esteve à frente do Ministério da Pesca e Aquicultura onde desenvolveu políticas públicas para o setor mantendo o compromisso com a sustentabilidade ambiental no uso dos recursos pesqueiros.

Entre essas políticas destacam-se a demarcação de parques aquícolas, a entrega de terminais pesqueiros e o investimentos no controle e monitoramento da pesca brasileira.

  • TODOS CONTRA TEMER! 100% dos deputados petistas, ou seja, 58 parlamentares, votaram contra Michel Temer e a favor do prosseguimento da investigação por corrupção do golpista! Veja o voto de cada um dos deputados do PT e tenha ainda mais certeza: eles estão ao lado do povo brasileiro!

    Publicado por Partido dos Trabalhadores em Quinta-feira, 3 de agosto de 2017
    100% dos deputados petistas votaram contra Michel Temer e a favor da investigação por corrupção do golpista. Assista aos votos dos parlamentares