Postado por Agência PT, em 23 de fevereiro de 2016 às 08:20:44

Em 2015, o Partido dos Trabalhadores ganhou 48,8 mil novos filiados. Desses, ao menos 10.321 são jovens entre 16 e 29 anos, segundo mostram os dados do Sistema de Filiados (SisFil), disponibilizados pela Secretaria Nacional de Organização do PT. O número representa 31,4% dos novos petistas que informaram a idade na ficha de filiação.

Uma dessas novas filiadas é Williane Mayara Nascimento da Silva, de Macapá (AP). “Resolvi me filiar ao PT pelas convicções que carrego comigo. Porque desde pequena que eu faço parte do movimento social e desde os sete anos que acompanho o PT”, conta a macapaense de 20 anos.

Outro motivo que ajudou a estudante de Ciência Biológicas da Faculdade de Macapá (FAMA) a tomar a decisão de se filiar foi por acreditar na força do partido e não em uma suposta crise, tema de interesse da mídia monopolizada. “Eu acho que isso (uma suposta crise) engana muito os jovens. Eles deveriam conhecer mesmo, a fundo, a história do PT, como ele foi criado, que veio da base, dos movimentos sociais. E aí iam perceber que o PT não passa por essa crise que querem fazer o povo acreditar”, acrescenta Williane.

Williane Mayara Nascimento da Silva foto arquivo pessoal (2)

O secretário nacional da Juventude do PT, Jefferson Lima, acredita que o crescimento no número de jovens filiados mostra a força do partido. “Nesses momentos difíceis da política brasileira, o PT consegue atrair jovens para fazer parte do partido e ajudar na construção política”, afirma Lima.

Um dos motivos para esse aumento, segundo ele, é o maior “enraizamento” do PT nas cidades e a relação do partido com a diversidade da sociedade brasileira.

“Agora, é necessário que o partido assuma uma grande campanha de filiação, com nucleação nas cidades e que envolva cada companheiro e companheira nessa luta. Nós, da direção nacional da JPT, iremos dedicar esse ano de 2016, ano eleitoral, para conseguir crescer o nosso partido com a filiação de mais jovens em todo Brasil”, comenta o dirigente da JPT.

 Antônio Leonardo Albuquerque Costa, estudante do 2º ano do ensino médio da escola pública Romeu de Castro Menezes, em Caucaia (CE), também entrou para as fileiras do partido em 2015, logo após completar 16 anos.

“Resolvi me filiar ao PT pela história do partido e quis fazer parte disso. Já conhecia a história do PT e acho que mais gente deveria se filiar ao partido”, explica. Para ele, o PT tem um bom diálogo com a juventude, mas precisa melhorar para atrair ainda mais os jovens.

A opinião é compartilhada por Williane. “Acho que o PT é atrativo para a juventude, mas tem que saber trabalhar com essa juventude, dialogar mais com a juventude, com a base, sair um pouco do espaço institucional e ir para rua”, ressalta.

Para ela, os jovens deveriam se interessar mais por política e até se filiar a algum partido. “Mas não entrar por entrar e sim por ter uma convicção do que é a questão política, se identificar com o partido, procurar fazer uma pesquisa sobre os partidos políticos”, diz a nova filiada ao PT.

Williane Mayara Nascimento da Silva foto arquivo pessoal (3)

Novos filiados – Ainda segundo o Sistema de Filiados (SisFil), o partido fechou o ano de 2015 com 1.753.044 militantes filiados. A curva de filiação ao PT foi sempre ascendente, desde sua criação em 10 de fevereiro de 1980.

“O PT continua sendo um partido de massas. Apesar de todos os ataques diários da oposição e da mídia direcionados ao PT ao longo do ano passado, o partido cresceu, engrossou seu quadro de filiados, o que mostra que ampliamos nossa base social”, defendeu o secretário nacional de Organização do PT, Florisvaldo Souza, em entrevista à Agência PT em janeiro.

Para ele, o PT reagiu aos ataques de forma positiva e propositiva e, com isso, criou-se no País um sentimento de defesa do partido e do projeto político desenvolvido ao longo dos últimos 13 anos.

O secretário nacional de Organização do PT explica que os novos petistas passam por várias etapas, como plenária de novos filiados e processos de formação, até terem sua filiação confirmada. “Alguns não concluem esse processo, por isso ficam com a filiação pendente”, completa.

Atualmente, existem 132.720 pedidos de filiação pendentes e mais 44.217 em processo de filiação. Para mais informações sobre filiação ao PT, clique aqui ou entre em contato com o diretório mais próximo.

Por Luana Spinillo, da Agência PT de Notícias