Margarida Salomão

dep.margaridasalomao@camara.leg.br
(62) 3215-5236

Mineira de Juiz de Fora, Margarida Salomão é professora universitária, graduada em Letras pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), mestre em Linguística pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e pós-doutora na mesma área pela University of California (EUA).

Atualmente, é deputada federal pelo Partido dos Trabalhadores de Minas Gerais, no qual é filiada desde 2002. Reeleita em 2014, é a deputada majoritária de Juiz de Fora. Em 2010, quando tentou o primeiro pleito, também alcançou a maior votação na cidade. Assumiu seu primeiro mandato em 2013.

Na Câmara, é membro titular da Comissão de Ciência, Tecnologia, Comunicação e Informática, da Comissão Especial do Fator Previdenciário e do Centro de Estudos e Debates Estratégicos da Casa.

A parlamentar se dedica a temas nacionais como Reforma Política e Democratização dos Meios de Comunicação, além de questões ligadas à Educação, à Ciência e à Tecnologia. Também atua na representação da Zona da Mata mineira e Campo das Vertentes, focando no desenvolvimento econômico das regiões. Margarida sustenta uma aliança histórica com os movimentos populares e tem estabelecido uma forte articulação com lideranças comunitárias e sindicais.

Foi secretária municipal de Administração e de Governo da Prefeitura de Juiz de Fora entre os anos de 1983 e 1988 e reitora da Universidade Federal de Juiz de Fora por dois mandatos, de 1998 a 2006. Também foi dirigente nacional da Associação Nacional de Dirigentes de Instituições Federais de Ensino Superior.

  • Adiamento da votação da maioridade penal

    A posição do PT sobre a maioridade penal"A discussão aqui tem que ser mais aprofundada, ela não é uma questão de idade, é uma discussão que tem a ver com a sociedade e a forma como a sociedade está dividida: em termos de renda, de oportunidade. É por isso que a gente discute muito isso, porque o rigor da lei quando é discutido com essa ânsia que o senador Magno Malta discute aqui vai pros pobres, não vai pros ricos, esqueça! Um menino de 16 anos da classe alta ou da classe média jamais vai responder por crime, mesmo sendo maioridade penal em 16 anos, porque os de 18, 19 e 20 já não respondem", diz a presidenta nacional Gleisi Hoffmann.Para Humberto Costa, "se nós temos hoje delinquência infanto-juvenil é porque o Estado brasileiro não cumpre com suas responsabilidades de garantir políticas públicas de educação, de saúde, de acesso à cultura, de acesso ao trabalho para essa juventude".Guimarães: "O que resolve o problema da violência e a educação é programa de geração de renda, é o emprego".Bohn Gass: "Não é a solução a redução da maioridade penal, é desviar a atenção sobre o real problema da criminalidade brasileira".Margarida Salomão: "É necessário que todos nós, democratas, militantes na área de Direitos Humanos, militantes das políticas em favor das crianças e dos adolescentes lutar contra isso. Mais educação, menos cadeia".

    Publicado por Partido dos Trabalhadores em Domingo, 1 de outubro de 2017
    Senadora Gleisi Hoffmann, Humberto Costa e os deputados José Guimarães, Bohn Gass e Margarida Salomão falam da posição do PT sobre a maioridade penal
  • Privatização da CEMIG

    O desmonte avança. Na quarta-feira (27), o governo golpista vendeu para empresas estrangeiras quatro usinas hidrelétricas da Cemig. Os deputados Patrus Ananias, Benedita da Silva, Padre João PT, Margarida Salomão, Deputado José Guimarães e o senador Humberto Costa apontam que, além da queima do patrimônio público, privatização aumentará conta de luz. Assista:

    Publicado por Partido dos Trabalhadores em Quinta-feira, 28 de setembro de 2017
    Na última quarta-feira (27) usinas hidrelétricas da Cemig foram vendidas para empresas estrangeiras. Deputados do PT alertam: “O desmonte avança”
  • TODOS CONTRA TEMER! 100% dos deputados petistas, ou seja, 58 parlamentares, votaram contra Michel Temer e a favor do prosseguimento da investigação por corrupção do golpista! Veja o voto de cada um dos deputados do PT e tenha ainda mais certeza: eles estão ao lado do povo brasileiro!

    Publicado por Partido dos Trabalhadores em Quinta-feira, 3 de agosto de 2017
    100% dos deputados petistas votaram contra Michel Temer e a favor da investigação por corrupção do golpista. Assista aos votos dos parlamentares
  • Margarida Salomão: "É um cabo de guerra"

    Margarida Salomão: "Eles estão jogando pesado. Tem ministro dentro do plenário não só para votar pelo Temer, mas para negociar".#InvestiguemTemerAcompanhe a cobertura em tempo real da Agência PT de Notícias: bit.ly/2f85x90

    Publicado por Partido dos Trabalhadores em Quarta-feira, 2 de agosto de 2017
    Deputada Margarida Salomão (PT-MG) denuncia que há ministros dentro do plenário da Câmara para negociar votos para salvar Michel Temer da denúncia