Nelson Pelegrino

Advogado, fundador do Partido dos Trabalhadores, Nelson Pellegrino, dedicou mais de vinte anos de sua vida à defesa dos direitos humanos. Presidiu o PT da Bahia em 1992 e foi deputado estadual por dois mandatos.

Na Assembleia da Bahia, liderou a bancada petista, participou da CPI da Corrupção (que investigou a empreiteira OAS e suas ligações com a oligarquia comandada por ACM) e presidiu a Comissão de Direitos Humanos por sete anos (1992-1998).

Em 1999 assumiu o primeiro mandato de deputado federal e presidiu a Comissão de Direitos Humanos e Minorias em 2001.

Reeleito deputado federal em 2002, Pellegrino liderou o PT em 2003, quando a bancada petista encarou o desafio de comandar o governo federal e ser, pela primeira vez, a maior da Câmara, tendo ainda entre seus integrantes o presidente da Casa, João Paulo Cunha.

Novamente eleito deputado federal em 2006, em 2009, licenciou-se do mandato para assumir a Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos da Bahia, a convite do governador Jacques Wagner (PT). Em sua primeira experiência administrativa, Pellegrino assumiu a pasta com a responsabilidade de combater o crime organizado e implementar uma nova concepção de segurança pública no estado.

Reeleito em 2010, Pelegrino presidiu a Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional e a Comissão Mista de Controle das Atividades de Inteligência (CCAI) no ano de 2013.

Novamente eleito deputado federal em 2014, licenciou-se do mandato para assumir o cargo de Secretário de Turismo do Estado da Bahia, no governo Rui Costa (PT). No entanto, em 2016, ele retornou e reassumiu o mandato.

  • TODOS CONTRA TEMER! 100% dos deputados petistas, ou seja, 58 parlamentares, votaram contra Michel Temer e a favor do prosseguimento da investigação por corrupção do golpista! Veja o voto de cada um dos deputados do PT e tenha ainda mais certeza: eles estão ao lado do povo brasileiro!

    Publicado por Partido dos Trabalhadores em Quinta-feira, 3 de agosto de 2017
    100% dos deputados petistas votaram contra Michel Temer e a favor da investigação por corrupção do golpista. Assista aos votos dos parlamentares