Postado por Agência PT, em 26 de fevereiro de 2016 às 19:03:22

A militância petista foi convocada, nesta sexta-feira (26), a fazer uma ampla campanha em defesa da Petrobras, do regime de exploração de partilha e contra o projeto do senador José Serra (PSDB-SP), que acaba com a obrigatoriedade da participação mínima de 30% da Petrobras nas operações do pré-sal.

“Temos que mobilizar as forças progressistas, o movimento sindical e popular a reagir contra isso. Estão em jogo a soberania nacional, o desenvolvimento nacional e tecnológico, milhares de empresas e milhões de empregos, e recursos fundamentais para o desenvolvimento da evolução e da saúde do nosso país”, diz a resolução aprovada sobre a Petrobras durante reunião do Diretório Nacional do PT, no Rio de Janeiro.

O texto foi aprovado na forma de um substitutivo apresentado pelo senador Romero Jucá (PMDB-RR), nesta semana. No entanto, a bancada do PT votou contra. Agora, o projeto será analisado pela Câmara dos Deputados.

O texto aprovado prevê que a Petrobras seja convocada para exercer a exclusividade todas as vezes em que uma região for escolhida para exploração. O prazo para a petrolífera se manifestar se usufruirá ou não de seu direito de preferência “em cada um dos blocos ofertados” será de 30 dias.

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, reafirmou, em nota divulgada na quinta-feira (25), a posição do partido contra o projeto.

O partido também divulgou, nesta sexta, o documento “Em Defesa da Democracia“, um texto com propostas econômicas para um “Programa Nacional de Emergência” e a resolução sobre as eleições deste ano

Leia a Resolução sobre a Petrobras, na íntegra.

PT 36 Anos - A reunião do Diretório Nacional acontece um dia antes da festa de aniversário do PT, no Rio de Janeiro. O evento está marcado para acontecer no Armazém da Utopia e promete contar com as principais personalidades do partido, além de show do sambista Diogo Nogueira e da bateria da Portela. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva já confirmou presença no evento e há a expectativa de participação da presidenta Dilma Rousseff.

A Fundação Perseu Abramo (FPA) também promoverá, nesta sexta e no sábado (27), no Rio de Janeiro, o Seminário 36 Anos de Partido dos Trabalhadores: trajetória e desafios. O presidente do PT, Rui Falcão; o presidente da FPA, Marcio Pochmann; e o presidente do PT-RJ, Washington Quaqua; abrirão o seminário, que contará com transmissão ao vivo.

As mesas discutirão os desafios das cidades, transformações do capitalismo global e os rumos das esquerdas no Brasil. Estão confirmadas as participações do prefeito de São Paulo, Fernando Haddad; da professora e urbanista, Ermínia Maricato; do professor e economista, Ladislau Dowbor; da psicanalista Maria Rita Kell e do professor e economista Eduardo Fagnani, entre outros.


Por Mariana Zoccoli, da Agência PT de Notícias