zeraimundo@alba.ba.gov.br
(07) 13115-7140

José Raimundo Fontes, ex-prefeito do município de Vitória da Conquista, é graduado em Pedagogia (Administração Educacional) pela Faculdade de Educação da Bahia (FACEBA, 1976) e em História (UFBA, 1977). É especialista em Conteúdos e Métodos de Estudos Sociais (UFBA, 1977) e em Documentação e Arquivos Históricos (USP/IEB, 1990). É Mestre em Ciências Sociais (UFBA, 1982) e Doutor em História Econômica (USP, 1996).

Conhecido popularmente como Zé Raimundo, começou sua militância política nos anos 1960, inicialmente em grupos de jovens da Igreja Católica. Participou ativamente, desde então, das lutas e mobilizações estudantis secundaristas dos fins dos anos 1960 e da resistência política à ditadura militar e pela redemocratização do país ao longo dos anos 1970/1980. Nessa trajetória, participou de atividades do movimento estudantil universitário da UFBA; de atividades entre os operários metalúrgicos e foi dirigente do movimento sindical dos professores da rede pública em Vitória da Conquista, participando, também, de instâncias de direção em âmbito estadual e nacional dessa categoria. Foi um dos fundadores e o primeiro presidente da ADUSB (Associação dos Docentes da UESB).

Foi um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores (PT) e da Central Única dos Trabalhadores (CUT). Fez parte em diversas oportunidades da Executiva Municipal do PT, da direção da CUT Regional e da direção Estadual do PT.

Teve um papel decisivo na organização e no crescimento do PT na região do Sudoeste e em Vitória da Conquista. Foi candidato a vereador pelo PT em 1982 e a Vice-Prefeito em 1988 e 1992. Foi assessor da Secretaria Municipal de Educação na primeira gestão do PT de Conquista, entre 1997 e 2000. Nas eleições de 2000 elegeu-se vice-prefeito de Vitória da Conquista e em 05 de abril de 2002 assumiu o cargo de Prefeito para o qual foi reeleito nas eleições de 2004, concluindo sua gestão em 31/12/2008.

O seu mandato foi marcado pelos compromissos com a transparência e a moralidade administrativas e a participação democrática de vários atores sociais na definição das grandes linhas de ações do governo. Consolidou e expandiu os programas voltados para a garantia de direitos e promoção da inclusão social, além de ter estimulado o desenvolvimento econômico e a geração de emprego e renda.

Destaque-se também a concretização de vários projetos viabilizados na sua gestão, em parceria com os Governos Federal e Estadual, como o esgotamento sanitário, a urbanização de interesse social, o projeto Minha Casa, Minha Vida, o Campus da UFBA, ampliação de cursos e da estrutura do IFBA, o projeto do novo Aeroporto de Conquista, construção de escolas do ensino médio, entre tantas outras ações. Em função desse desempenho, a sua administração foi reconhecida e premiada em várias áreas, culminando com o Prêmio de Município Mais Dinâmico do Brasil em 2008, em que a cidade obeteve a melhor colocação no Nordeste e ficou entre as 10 mais do Brasil.